O que é preciso para ter uma franquia de roupa infantil?

Empreender em uma franquia de roupa infantil é uma ótima decisão para diversificar seus investimentos. Além disso, é uma escolha conveniente para aproveitar o desempenho do setor e para aumentar as chances de sucesso. Mas para colocar tudo isso em prática, é necessário conhecer o processo até se tornar um franqueado.

Mais que entender as etapas burocráticas, vale explorar quais são os pontos críticos e que exigem atenção. Desse jeito, você consegue se preparar corretamente e aproveitar a oportunidade.

Na sequência, descubra o que é preciso para ter uma franquia de roupa infantil e parta rumo ao sucesso!

Conhecer as melhores empresas do mercado ajuda na decisão

Primeiramente, você terá que contar com uma franqueadora. Isso significa que é necessário explorar quais são as empresas do ramo e, principalmente, quais oferecem a opção de se tornar dono de uma franquia da marca.

Pesquise bem os empreendimentos e veja quais são as condições apresentadas. A força da marca é um ponto essencial, assim como um bom plano de negócio. No entanto, é preciso ir além.

Veja qual é a qualidade das roupas vendidas, como é a estrutura oferecida pela franqueadora, como é o fornecimento e assim por diante. Desse jeito, é possível garantir a decisão adequada.

Entender o perfil do franqueado ajuda a melhorar os resultados

Após escolher a franqueadora, é preciso conhecer qual é o perfil desejado pela empresa para os seus franqueados. Isso auxilia a alinhar as expectativas e é essencial para quem pretende ter uma franquia de roupa infantil.

Além de interesse pelo ramo, pode ser necessário ter alguma experiência no setor varejista, por exemplo. Também é indispensável apresentar algumas qualidades, como inovação, comprometimento e capacidade de tomar decisões.

Não deixe de verificar, junto à franqueadora, quais são as expectativas de atuação sobre o franqueado. Assim, você consegue fazer uma autoavaliação e entender onde se encaixa.

franquia de roupa infantil

Reunir o investimento inicial é essencial para ter uma franquia de roupa infantil

Com o sinal verde por parte da franqueadora, a assinatura do contrato depende de um aspecto relevante: o investimento inicial. Normalmente, há a cobrança de um valor inicial, conhecido como taxa de franquia.

Também será necessário pagar a taxa de royalties, bem como a taxa de propaganda para as ações de marketing. Trata-se de um percentual das compras ou das vendas, que é revertido pela franqueadora em estrutura de suporte, consultorias de campo e apoio de gestão ao franqueado.

Para o começo do empreendimento, entretanto, será preciso dispor de valores para a padronização do espaço, para o treinamento de funcionários e para o capital de giro. Então, confira se você apresenta esses valores adequadamente.

Regularizar o negócio evita problemas e dificuldades no futuro

Muita gente não percebe, mas para ter uma franquia de roupa infantil também é necessário pensar na regularização do empreendimento. Por mais que o plano de negócios esteja pronto, ainda é preciso abrir CNPJ, fazer os cadastros nos órgãos e obter a licença de atuação.

Portanto, é essencial conhecer bem os procedimentos e ter a ajuda de um contador ou profissional especialista. Desse modo, é possível começar a operar com o empreendimento do jeito certo.

A franquia de roupa infantil é uma excelente escolha para aproveitar o mercado em ascensão. Ao reconhecer o que é necessário para ter a sua, fica muito mais fácil trilhar esse caminho corretamente.

Se quiser muitas outras dicas sobre o universo das franquias, acompanhe nossas publicações no Facebook, Instagram e Youtube!

Facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.