Franqueado: entenda o que é e como fazer a sua DRE

A princípio, a DRE pode parecer mais um daqueles relatórios monótonos elaborados pelo setor contábil. Contudo, não se engane, pois a Demonstração do Resultado do Exercício é uma poderosa ferramenta para gestão eficiente de seu negócio. 

Ela apresenta o resultado de suas operações, onde se verifica se efetivamente o negócio teve lucro ou prejuízo no período. Você investiu em uma franquia e agora quer saber como montar a sua DRE para saber se o investimento está valendo a pena? Então continue a leitura deste artigo até o final.

Mas afinal, o que é DRE?

Para que seu negócio atinja os resultados esperados, é preciso ter planejamento e organização financeira. Nesses aspectos, a DRE é um documento bem útil, já que permite comparar os resultados das vendas com as despesas do negócio. Somente assim é possível ter uma ideia clara se o empreendimento efetivamente deu lucro ou prejuízo.

A bem da verdade, trata-se de um relatório onde constam todas as despesas do negócio para funcionar, como impostos, tributos, despesas fixas e variáveis. Juntamente com as receitas, permite que o empreendedor tenha ciência de como andam as finanças da sua empresa.

Em um sistema de franquias, a Demonstração do Resultado do Exercício deve ser apresentada mensalmente e é obrigatória. Por meio dela, é possível traçar estratégias financeiras capazes de aumentar a lucratividade do negócio, bem como de evitar o seu endividamento.

Como fazer a DRE da sua franquia?

No sistema de franchising o modelo da DRE normalmente é fornecido pela franqueadora, mas geralmente o relatório segue um padrão. Até mesmo porque as informações de receitas, deduções de vendas e despesas são obrigatórias e comuns a qualquer demonstração. 

Veja a seguir o que deve constar na Demonstração do Resultado do Exercício:

  • Receita operacional bruta: montante de tudo o que foi faturado no mês;
  • Deduções de vendas: descontos, vendas canceladas e devoluções de mercadorias do período;
  • Custo do produto: gastos de produção;
  • Despesas com vendas, despesas operacionais e financeiras;
  • Outras receitas, como por exemplo, eventuais vendas de maquinário não utilizado.

Ao confrontar esses valores, chega-se ao lucro líquido do exercício, que nada mais é do que a receita bruta – menos impostos e despesas fixas e variáveis. O resultado significa se a sua franquia foi lucrativa no período ou não.

 DRE

Demonstração do Resultado do Exercício horizontal ou vertical

Com os dados em mãos você poderá fazer a análise horizontal ou vertical do negócio. Na análise horizontal mensal, avalia-se o impacto dos custos e despesas no lucro do período. 

Já na análise vertical, avalia-se o impacto de cada conta nas receitas confrontando com o orçamento planejado para o período. Essa análise é mais cirúrgica e é feita ao longo do ano.  

Adequação às leis brasileiras

Certamente você já compreendeu que a DRE é um diagnóstico da real saúde financeira de seu negócio. Mas você sabia que, de acordo com a legislação brasileira, a Demonstração do Resultado do Exercício é obrigatória para as empresas (com exceção do MEI)?

Em outras palavras, isso significa dizer que o documento não somente revela a performance da sua franquia, mas também a deixa em conformidade com as leis do país, o que aumenta mais ainda a sua credibilidade no mercado em que atua.

De fato, elaborar uma DRE pode ser uma tarefa complexa em um primeiro momento, mas com o apoio da franqueadora tende a ficar muito mais fácil. Assim como o auxílio para elaborar um plano de negócios, uma boa franqueadora também oferece suporte jurídico e contábil aos seus franqueados para que eles tenham sucesso em seus negócios.

Quer ser um empreendedor bem-sucedido? Então torne-se um parceiro de negócios Alphabeto e junte-se a uma das marcas líderes no segmento de moda infantil do país!

Facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.