Aluguéis caríssimos em Shopping: como superar esse terrível inimigo para iniciar uma franquia

Um dos primeiros desafios ao iniciar uma franquia é escolher onde ela irá abrir. Os shoppings center são boas opções principalmente pela estrutura que oferecem, além da segurança. Contudo, como fica o investimento inicial? E os medos de empreender?

Essas dúvidas são comuns, mas todo franqueado deve lembrar que a franqueadora também existe para prestar suporte. As negociações de um ponto para iniciar a franquia também estão incluídas nesse tipo de apoio, como vamos falar melhor a seguir!

Dicas para a iniciar uma franquia em shopping

Você optou pelo shopping para iniciar uma franquia, e agora? A negociação, o CDU, o processo de instalação: tudo exige muita habilidade para não sair no prejuízo. Confira as dicas a seguir!

Avalie o CDU

Sempre que se aluga uma loja em shopping center, há o CDU (Cessão de Direito de Uso). Para quem não sabe do que se trata, é um valor cobrado pela administração do shopping para conceder o espaço ao lojista. 

Geralmente, o contrato tem validade de 60 meses e renovação automática, caso haja o interesse do lojista em continuar utilizando a infraestrutura do shopping para exercer suas atividades comerciais. 

O CDU também é conhecido como “luva” e seu valor pode variar bastante, em função do shopping e de onde fique localizada a loja. O valor é pago de uma única vez ao iniciar uma franquia e representa boa parte da verba de abertura do negócio. Só para se ter uma ideia, a depender do tamanho da loja e da localização dela, o CDU pode ultrapassar os 7 dígitos.

Por isso, antes de qualquer coisa, avalie bem se a infraestrutura oferecida vale o custo-benefício do CDU apresentado. Pense na segurança, estacionamento e fluxo de movimentação no shopping. Aproveite toda a experiência da sua franqueadora nesse processo.

Iniciar uma franquia

Pesquise bastante

Antes de escolher um shopping para iniciar uma franquia, pesquise bastante! Se você está em uma cidade com mais de um empreendimento desse tipo, é importante avaliar todas as opções.

Se você vai investir em uma franquia de roupa infantil, por exemplo, investigue quais outras lojas do ramo existem próximas ao seu ponto comercial. Será que é concorrente direta e irá tomar o seu público? Ou são públicos e focos diferentes nas marcas? Novamente, você pode conversar com a franqueadora para ter ajuda nessa pesquisa de concorrentes.

Não aceite o primeiro valor

Você encontrou o lugar para iniciar uma franquia de roupa infantil e apresentaram os valores, qual é o próximo passo? Pode parecer clichê, mas você não precisa aceitar logo o primeiro valor!

Não tenha medo de parecer amador ao negociar: os principais empresários do mundo sempre fazem isso. Cada vantagem a mais ou desconto que você conseguir, certamente valerá a pena. Por isso, faça uma contraproposta, se possível.

Conte com o suporte da franqueadora

Seja para avaliar o CDU, os concorrentes ou negociar, a franqueadora é sua parceira. Você não precisa enxergá-la apenas como a dona da marca que irá utilizar, pois não é o caso. O seu sucesso é tão o sucesso da franqueadora, por isso ela tem interesse em ajudar.

Marcas de reconhecimento no mercado podem inclusive ajudar na negociação com o shopping center. Com a força delas, os investidores do shopping sabem que irão atrair mais um público importante, por isso estão dispostos a negociar.

Ainda em dúvidas de como iniciar uma franquia? Então baixe gratuitamente nosso material rico Problemas, medos, decisões e consequências no varejo: a importância da experiência e do suporte da franqueadora no fechamento de negócio e conheça mais as dicas e experiência da Alphabeto como franqueadora no suporte aos empreendedores!

 

Facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.