4 tipos de investimento para diversificar sua carteira

Uma das principais regras de investidores é não colocar todos os ovos no mesmo cesto. Ou seja: aplicar em diferentes tipos de investimento, diversificar a carteira e se proteger de crises no processo.

Isso é importante porque colocar todos o seu dinheiro em uma opção só faz com que você fique vulnerável. Por exemplo, imagine que você investe todo seu patrimônio em ações de uma grande empresa de tecnologia, mas um escândalo ocorre e as ações perdem 20% em valor. Um quinto do seu patrimônio vai embora no processo.

Se você busca por boas opções para investir e assim diversificar sua carteira, este artigo é perfeito para você. Confira as alternativas selecionadas abaixo!

1. As franquias são tipos de investimento sólidos e confiáveis

Muita gente conta apenas com aplicações financeiras na sua carteira de investimentos. São aplicações em CDB, Tesouro Direto e Poupança, mas esquecem que esses recursos são todos do mesmo tipo. São todos espécies de títulos com rendimento fixo ou indexado.

É importante diversificar o tipo de investimento e aplicar em algo que produz para a sociedade, capaz de resistir aos efeitos de crises, gerar empregos e aumentar o seu faturamento. Abrir uma franquia é uma ótima opção.

Algumas franquias, especialmente do setor de moda infantil, conseguem ter lucratividade de 10%, por exemplo, em relação ao faturamento. Nada mal, certo? Além disso, o segmento registra aumento de 3,96% nas vendas no segundo trimestre deste ano, o que mostra boa estabilidade perante a crise.

tipos de investimento

2. As ações ajudam a aumentar o patrimônio

As ações são tipos de investimento importantes para quem quer aumentar o patrimônio de maneira consistente. No entanto, elas requerem a companhia de alternativas mais seguras, como as franquias, para proteger o investidor de perder tudo.

Quem souber ler os movimentos do mercado, pode faturar 20, 25% ao ano com as carteiras corretas. Não chega a ser uma previsão absurda. Ainda é menos do que o faturamento das franquias (que devolvem o investimento inicial em 3 anos), mas é uma rentabilidade interessante.

3. As LCIs e LCAs são tipos de investimento isentos de IR

LCI e LCA são dois tipos de investimento bem parecidos. O primeiro grupo são as Letras de Crédito Imobiliário, enquanto o segundo se refere às Letras de Crédito do Agronegócio.

Na prática, funcionam da seguinte maneira: o banco empresta dinheiro para empresas do setor imobiliário ou agrícola. Então ele emite a mesma quantidade do crédito em letras de crédito (as LCIs e LCAs). Os investidores compram essas cédulas para repor o dinheiro ao banco, que pode investir em outras coisas.

Quando o banco receber o empréstimo original de volta, paga o valor das letras mais um acréscimo de juros ao investidor.

A grande vantagem das LCIs e LCAs em relação ao Tesouro Direto ou CDB é que elas são isentas de Imposto de Renda. Por isso, são opções interessantes para quem quer opções de Renda Fixa que protejam o patrimônio.

4. O câmbio ajuda a se prevenir contra variações do dólar

Uma das variações econômicas que mais prejudicam o patrimônio dos investidores é a variação cambial do dólar e de outras moedas. Por isso, para se proteger disso, invista no câmbio. O risco é alto, claro, mas a rentabilidade é muito boa e compensa.

Gostou de conhecer esses tipos de investimento? Agora é se planejar para aplicar nessas opções e diversificar a sua carteira, garantindo proteção contra crises e variações do mercado nacional.

Se o artigo foi útil para você, curta nossa página no Facebook, siga nosso Instagram e assine nosso canal no YouTube para conferir mais conteúdos como este!

Facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.